escolher a luva certa geracao yamaha

Como escolher o modelo de luva ideal para a sua moto

Todo motociclista sabe que usar os aparatos corretos na hora de andar de moto é essencial. Dentro da lista de equipamentos, alguns se destacam por sua maior importância e capacidade de proteção, como o capacete. O que poucos sabem é que o segundo item mais importante do traje é a luva, mesmo não sendo obrigatória.

Em caso de acidente, uma das primeiras regiões do corpo a tocar no chão são as mãos, já que é comum tentarmos nos segurar ou proteger em situações de risco.

Mesmo que a jaqueta seja um item importantíssimo, uma roupa comum já oferece algum tipo de proteção. Já nossas mãos estão sempre descobertas, o que não é recomendado na hora de se usar uma moto.

Usar luvas para pilotar traz vários benefícios, não só pela segurança, mas também para a pilotagem e estilo do motorista. Existem luvas especializadas para condutores que usam a motocicleta em pequenos trajetos, ou apenas dentro de cidades, e também existem aquelas voltadas para um público mais aventureiro, que gosta de pegar estrada e passa longas horas no banco.

Pensando na segurança com luva

O primeiro passo para se comprar um par de luvas de motociclista é avaliar como você usa sua moto e o quanto de segurança você precisa. Nesse quesito, o piloto terá que decidir o modelo e o material de sua luva. Por modelo, estamos falando da finalidade da luva, pois para cada tipo de uso há um tipo diferente de par.

Se seu objetivo é andar curtas distâncias em ambientes controlados como cidades, luvas de punho pequeno e sem proteção sólida são o suficiente, já que esse tipo de percurso não oferece muito perigo. Luvas abertas, ou seja, que deixam os dedos à mostra também são uma opção, caso o piloto queira deixar suas mãos arejadas.

Já para longos percursos, como estradas, luvas de punho longo e sem proteção sólida e fechadas são recomendadas para maior proteção e conforto. Em altas velocidades, o vento é um fator que atrapalha a direção, por isso o cano longo deve ser usado por cima da jaqueta, para impedir a passagem de ar e manter a postura do motociclista.

Por ficar muito tempo exposta ao ambiente, é bom que a luva seja fechada, para proteger as mãos do sol, objetos, temperatura e umidade, em caso de chuva.

Se o esporte é seu objetivo, será necessária uma proteção a mais, a chamada proteção sólida, que impede qualquer tipo de acidente com os punhos do piloto. Além disso, essa proteção sólida serve para manter a posição ideal para dirigir a motocicleta.

Para essa finalidade, as luvas geralmente vêm com punhos longos, para cobrir a proteção sólida.

Luva: material e estilo

Ainda pensando na segurança, mas também se adequando ao estilo, o material das luvas é uma peça chave na hora de escolher um par. Ele também varia de acordo com sua finalidade.

Luvas de couro são as mais comuns, oferecendo grande proteção contra arranhões e durável. Por ser a mais popular, é o material mais usado para esse tipo de luva, sendo fácil de achar. Atualmente, o couro é trabalhado para dar mais conforto e deixar as mãos respirarem, além de seu estilo ser atemporal.

O Nylon é outro material muito usado e, mesmo não sendo tão resistente quanto o couro, é impermeável e proporciona mais flexibilidade em manobras, além de ser mais barato.

Vale lembrar que um material não exclui o outro, ou seja, uma luva que combina Nylon e Couro pode ser uma opção mais em conta.

Materiais mais nobres são o Poliéster e o Clarino, não muito comuns, mas já utilizados em alguns segmentos específicos, como o esportivo. O Poliéster tem sua origem em equipamentos militares, já que o material é muito resistente e maleável, podendo ser costurado em qualquer formato e em diversas camadas.

Já o Clarino é mais comum, mais resistente que o couro, só que mais flexível, mesmo quando molhado. Uma vantagem deste material é que ele é mais popular, ou seja, está presente em mais formatos, estilos e tamanhos no mercado.

Por fim, o tamanho das luvas é a última característica essencial desse aparato, pois o par deve ser totalmente ajustado às mãos do condutor. Caso elas sejam de tamanho errado, o piloto pode ter sua direção prejudicada, aumentando o risco de acidentes.

Curtiu esse post? Quer ficar por dentro das novidades do mundo sobre duas rodas? Acompanhe nosso blog e veja dicas, eventos e curiosidades sobre motos no Brasil e no mundo.

motociclista e motoqueiromotociclista e motoqueiro
Pneu de moto - Dicas simples para cuidar bem e calibrar de maneira certa
Bateria de moto - como cuidar para durar mais
Yamaha apresenta as novidades da R3 CUP 2017
Como trocar pneu de moto? Veja nossas dicas e fique preparado!
Yamaha inaugura nova empresa do grupo no Brasil, a Yamalog

Deixe um comentário!

comentários